©2018 by Studio Dekor. Proudly created with Wix.com

Piso laminado ou vinílico?

November 8, 2018

 Na hora de construir ou reformar sempre temos dúvidas a respeito dos acabamentos e revestimentos, não é? E uma dúvida muito comum é de quem quer fugir do tradicional piso frio, afinal qual piso posso usar ao invés do porcelanato?

 Temos duas opções: o piso laminado e o piso vinílico e, para ajudar na decisão entre os dois temos que levar em conta o resultado e funcionalidade esperados. Aqui vou explicar um pouquinho das semelhanças e diferenças de cada um que pode ajudar na hora da escolha.

Piso laminado

 

 Versátil e prático, o piso laminado é indicado para ambientes internos, sua instalação é rápida e pode ser clicada ou colada e a manutenção é simples. Pode ser usado em ambientes residenciais ou comerciais, é fácil de limpar e pode ser instalado sobre outros pisos. 

 

 O piso laminado é o que mais se aproxima visualmente da madeira natural, com a vantagem de ter menor custo e ser mais resistente. É composto por camadas de materiais derivados da madeiras, como aglomerado e painel de madeira de alta densidade (HDF) ou painel de fibras de alta densidade. Na camada superior fica a estampa decorativa artificial que é protegida por overlay, uma resina melamínica. A maioria é fabricado a partir da madeira de reflorestamento, ou seja, é um produto ecológico.

 

 É um produto de alta durabilidade e super fácil de limpar, exigindo apenas aspirador de pó ou vassoura de cerdas macias e um pano levemente umedecido em água com sabão neutro. Em caso de manchas, pode passar detergente e álcool, já para respingos de tinta, verniz e graxa, pode tirar com tíner, querosene ou aguarrás.

 

 A instalação é super rápida e quase não faz sujeira, pode ser feita sobre o contrapiso ou piso existente, desde que não possuam grandes imperfeições e irregularidades. A superfície tem que estar limpa e seca e, antes da colocação do piso, é revestida com uma manta regularizadora e acústica, quando a opção é do piso de encaixe/clicado. É muito importante deixar um espaço de dilatação entre as bordas do piso e a parede e, nunca parafusar ou pregar algo nele, pois com o tempo pode estufar e empenar por estar travado.

 

 Um ponto fraco é que, devido ao seu miolo de madeira, não pode ser coberto com qualquer tipo de líquido e, caso derrube tem que ser seco o quanto antes para não ser absorvido e causar danos futuros, portanto, para quem tem animais e crianças a atenção deve ser dobrada. Ele também propaga sons facilmente e por ser liso, dificulta a vida dos animais de estimação, que acabam deslizando.

Piso vinílico 

 

 Assim como o piso laminado, o vinílico é indicado para ambientes internos, de instalação rápida e manutenção simples. Pode ser usado em ambientes residenciais e comerciais, com a vantagem de poder ser usado em áreas molháveis lavabos, é fácil de limpar e também pode ser instalado sobre outros pisos.

 

 O piso vinílico é feito com cloreto de vinila, ou PVC, e pode ser encontrado em placas, mantas ou réguas. Por ser plastificado, é mais resistente à água do que o piso laminado ou madeira, o que o torna mais fácil de limpar no dia-a-dia. Apesar de ser mais resistente a água, não é aconselhado para áreas molhadas, como banheiros e cozinhas ou áreas externas, pois pode estragar a cola ou infiltrar por debaixo do piso no caso dos clicados.

 

 

 O vinílico oferece maios conforto térmico e acústico em relação aos demais revestimentos. Com ele o barulho "toc toc" dos sapatos ao andar, desaparece. Por ser protegido por resina de poliuretano, mancha muito pouco e é antialérgico, além de ser anti-chamas. Mas uma pequena desvantagem, é que ele risca quando a abrasão é grande, como por exemplo, se arrastar uma geladeira.

 

 Para sua aplicação, é necessário que o contrapiso esteja perfeitamente regulado, por ser mais fino que os demais pisos (entre 2mm a 5mm), o vinílico "fotografa" qualquer irregularidade da superfície. Antes da instalação deve ser feita a regularização do contrapiso e aplicar a massa niveladora, geralmente feita de cimento e cola. Se a instalação for feita sobre outro piso existente, dependendo da espessura do vinílico e da textura e rejunte do existente, não é necessário a massa niveladora, mas quando é preciso o piso anterior é danificado, então se não quer estragar o piso existente o ideal seria o laminado.

 Apesar de todas essas dicas e explicações, é muito importante procurar um profissional que entenda do assunto para ajudar na escolha da melhor opção para você. Aqui na Studio Dekor temos várias opções e podemos auxiliar e a tirar dúvidas, entre em contato e solicite seu orçamento também!

 

 

Please reload

Featured Posts

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Recent Posts

September 5, 2019

November 30, 2018

October 26, 2018

September 29, 2018

September 21, 2018

Please reload

Archive
Please reload

Search By Tags